+34 91 005 42 79 brasil@esneca.lat
    • Español
    • 0 Items

      Se é uma das pessoas que gostam de decorar diferentes espaços e traz ideias estéticas criativas com facilidade, certamente pensou em se tornar um decorador de interiores. Se quiser dedicar-se a ele não só como um hobby, deve ter em conta que treinar e preparar-se corretamente será a chave para se tornar um profissional.

      Gostaria de saber que competências, estudos e competências precisa para ser especialista em Design de Interiores? Continua a ler, vamos contar-lhe lá em baixo.

      Quem é o decorador de interiores?

      É o profissional que adorna um espaço com coisas que proporcionam beleza visual para ser atraente e tenha uma boa estética. Além disso, é a pessoa que se dedica a planear e implementar projetos de decoração para casas, escritórios, lojas e salas profissionais. Da mesma forma, é um especialista em luzes, cores, texturas, mobiliário e acessórios com um sentido estético bem-sucedido e elevado.

      Atualmente, os melhores decoradores têm especial cuidado e sensibilidade social, visto que escolhem elementos decorativos que respeitam o meio ambiente e têm em conta as necessidades das pessoas com deficiência.

      Basicamente, é uma pessoa com talento para combinar o seu estilo decorativo com os gostos e interesses dos clientes. Por esta razão, são especialistas em atualizar constantemente os seus conhecimentos para conhecer as tendências transportadas em diferentes partes do mundo no que diz respeito ao design, arquitetura e moda.

      Habilidades que um decorador precisa

      Além de ter um grande interesse em design e decoração, o melhor é ter competências que o ajudem a complementar o seu perfil e a resolver o que o mercado de trabalho exige.

      Para ser um decorador profissional de interiores é preciso desenvolver competências criativas que tragam frescura e inovação, e competências artísticas para encontrar beleza em todos os tipos de elementos. Além disso, é preciso aprender sobre o sentido do espaço e a sua funcionalidade para reconhecer orientação, dimensões, volumes e distâncias.

      Por outro lado, em várias ocasiões terá de lidar com os clientes, pelo que tem de trabalhar na sua comunicação assertiva, na sua paciência e na audição ativa para poder transmitir as suas ideias e satisfazer as suas necessidades.

      Conhecimentos de um designer de interiores

      É verdade que alguns decoradores já possuem competências naturais em estética e sensibilidade artística. Ainda assim, recorrem a diferentes escolas para obter todo o conhecimento necessário para ter um perfil mais completo e dominar perfeitamente o setor. O conhecimento fundamental que um decorador de interiores deve ter são:

      • Técnicas de desenho a nível técnico e artístico.
      • Utilização de software de design específico para a profissão.
      • História da decoração e a sua evolução para os estilos decorativos atuais.
      • Composição em elementos de luz, cor, textura, material, mobiliário e objetos.
      • Materiais decorativos para fazer combinações versáteis e atraentes.

      Estudos-chave para ser decorador de interiores

      Para se dedicar à decoração de forma profissional, tem de credenciar os seus conhecimentos com uma licenciatura e realizar formação para complementar as suas competências. A nossa oferta de formação oferece vários mestrados online para especializar a sua carreira e melhorar as suas competências. O melhor exemplo de qualidade de formação é o nosso Mestrado em Decoração de Interiores com o qual poderá aprender sobre a transformação do design de interiores e o desenvolvimento, execução e apresentação de um projeto profissional.

      Com a preparação ótima pode praticar esta profissão e ter um bom currículo para oferecer a um mercado de trabalho exigente. Quanto mais aprendizagem tiver, e quanto mais estudar sobre isso, maior é a probabilidade de ser contratado e ajudar os seus clientes a satisfazer as suas necessidades.

      Oportunidades de trabalho de decoração de interiores

      O decorador de interiores pode participar no projeto e desenvolvimento de projetos de vários tipos. Consegue fazer visualizações digitais e modelos em três dimensões. Também pode trabalhar em molho de janela comercial ou no ‘design’ e planeamento do espaço de trabalho. Assim, pode praticar nas seguintes áreas:

      • Empresas de arquitetura, design de interiores ou paisagismo fazendo projeto.
      • Dirigindo os seus próprios projetos integrais de design de interiores e conceitos de lugares em tendência.
      • Empresas e empresas dedicadas ao design de produtos e construção.
      • Ensino universitário em áreas de design.
      • Workshops de design para espaços públicos e áreas verdes.