+34 91 005 42 79 brasil@esneca.lat
  • Español
  • 0 Item

    Se você tem bebés, crianças ou adolescentes, a nutrição é a coisa mais importante para o seu desenvolvimento. Por esse motivo, é necessário que, ao longo do crescimento, aprendam a comer adequadamente e sem preconceitos. Se você ainda tem algumas dúvidas sobre como conseguir isso, hoje damos-lhe algumas dicas.

    Como promover a nutrição infantil saudável em casa?

    É normal que você queira que seus filhos tenham uma dieta saudável. Além disso, você deseja conhecer as melhores maneiras de fazê-los comer tudo. No entanto, há momentos em que nem sempre é possível consumir os alimentos mais adequados. Para isso, aqui estão algumas dicas para que seus filhos desfrutem de um menu nutritivo para crianças.

    Deixe seus filhos escolherem a sua comida

    Recomenda-se levar em consideração o gosto das crianças para promover um hábito alimentar. Isso significa que você pode deixá-los escolher as frutas, legumes ou carnes que desejam comer. Assim, você pode variar as receitas ou maneiras de cozinhar para que eles coman de todos os grupos fundamentais numa dieta saudável.
    Obviamente, especialistas em nutrição infantil indicam que acostumar aos miudos a novos sabores levará tempo. Não se desespere.

    Envolva-os na preparação de alimentos

    Uma boa maneira para as crianças aprenderem a comer é envolver-se na preparação dos pratos. Portanto, deixá-los participar na cozinha, asim eles estarão mais dispostos a experimentar na comida.

    Por esse motivo, recomendamos que você deixe os seus filhos participar na cozinha o máximo possível. É uma maneira eficaz de melhorar sua atracção por produtos desconhecidos e por aqueles que não são atraídos por eles.

    Transforme frutas e legumes em protagonistas da nutrição infantil

    Muitas vezes, produtos açucarados ou processados são priorizados na nutrição infantil. Isso faz com que legumes, peixe e carne sejam deixados de lado. Portanto, a ideia é promover alimentos saudáveis. Eles asim verão você comendo e saboreando esses alimentos o tempo todo. Se isso não acontece, é possível que as crianças se acostumem a sabores artificiais e desenvolvam problemas de saúde. Além disso, eles poderiam criar uma grande rejeição de vegetais ou frutas e nunca comê-los no futuro.

    Evite dar comida em resposta a uma acção

    Há momentos em que, de acordo com o comportamento das crianças, elas recebem um certo tipo de alimento. Eles podem receber gelados se comportarem bem, ou jantar legumes se não terminarem ao almoço. No entanto, isso pode ser ineficaz na criação de hábitos saudáveis. Como consequência, a criança associará uma dieta saudável e equilibrada à punição ou junk food com bom comportamento.

    Na verdade, o que queremos na nutrição infantil é que seja gerada uma relação com os alimentos. Por esse motivo, além de colocar essas chaves em prática, é importante reservar um tempo para as refeições da família. Portanto, devemos promover um ambiente sem tensão e criar bons sentimentos em relação à comida.