Ontem celebramos o Dia Mundial do Relaxamento, um momento para refletir sobre a importância de se cuidar e fazer atividades ou técnicas de relaxamento para acalmar a mente. Nestes momentos de constante estresse e ansiedade, é muito comum o surgimento de sintomas de insônia, tensão muscular, problemas digestivos ou dores de cabeça entre outros.

Tudo isso, com as reações emocionais como a tristeza e a irritabilidade que se acentuaram com a pandemia, deve-se aprender a administrar. Continue lendo para descobrir todos os exercícios que podem ser feitos para administrar estes estados da melhor maneira e lembre-se que pode especializar-se com o nosso Mestrado em Psicologia Holística e Coaching.

O que são as técnicas de relaxamento em psicologia?

As técnicas para relaxar a mente são uma série de estratégias psicológicas destinadas a diminuir o nível de ativação. Além disso, podem ser usados ​​como uma ferramenta para desconectar e ordenar nossos pensamentos, tornando nossa rotina diária mais leve.

Esses métodos são indicados para melhorar problemas de ansiedade, estresse, estados depressivos, tensões ou distúrbios psicossomáticos. No entanto, é importante notar que cada uma dessas técnicas de relaxamento, aplicadas em conjunto ou de forma independente, alcançamos um estado global de relaxamento físico, mental e emocional.

5 técnicas de relaxamento rápidas e eficazes

Aprender a relaxar-nos tem muitos efeitos benéficos na nossa saúde física, mental e emocional. Conhecer as ferramentas para reduzir os níveis de tensão física e psicológica pode ser um excelente recurso em situações de estresse ou desconforto geral.

Por isso, deixamos aqui alguns exercícios que servirão de guia para aprender a relaxar-se em situações de preocupação:

Relaxamento muscular progressivo

Essa técnica é realizada com exercícios curtos de tensão muscular de baixa intensidade e exercícios de relaxamento mais longos. O processo é dividido em três fases:

Primeira fase de relaxamento de tensão:

  • Cara, pescoço e ombros: repita os exercícios de tensão e relaxamento três vezes em cada ponto com intervalos de descanso de alguns segundos. A seguinte ordem pode ser seguida: testa, olhos, nariz, boca, língua, mandíbula, lábios, pescoço, pescoço e ombros.
  • Braços e mãos: contraem, sem se mover, primeiro um braço e depois o outro com o punho cerrado. Desta forma, você notará a tensão em seus braços, antebraços e mãos.
  • Pernas: primeiro alongue uma perna e depois a outra, levantando o pé e observando a tensão nas nádegas, coxa, joelho, panturrilha e pé
  • Dorso: coloque os braços em cruz e traga os cotovelos para trás. A tensão deve ser sentida nos ombros e na parte inferior das costas.
  • Peito: inspire e segure o ar por alguns segundos até que o peito fique tenso e depois expire lentamente.
  • Abdômen e cintura: aperte e afrouxe os músculos do estômago e das nádegas.

Segunda fase: reveja mentalmente se cada uma das partes trabalhadas anteriormente está relaxada.

Terceira fase: crie uma série de pensamentos relaxantes e mantras.

Respiração diafragmática

Está comprovado que a oxigenação adequada dá ao corpo mais energia, ajuda a controlar as emoções e melhora a função cardiovascular. Por esse motivo, em situações de estresse, é recomendado fazer entre 5 e 10 respirações e exalações abdominais, lenta e profundamente a partir do diafragma. Além disso, vários estudos descobriram que a respiração lenta e calma suaviza a ativação de neurônios relacionados ao estresse.

Terapia do riso

Rir e sorrir ajudam a liberar dopamina, endorfinas e serotonina, que relaxam o corpo, reduzem os batimentos cardíacos e diminuem a pressão arterial. Basicamente, as endorfinas permitem o alívio da dor e a serotonina atua como um antidepressivo. Portanto, assistir a filmes de comédia é uma ótima maneira de acalmar a mente e o corpo em tempos de estresse.

Manifestação positiva

A visualização positiva é uma das técnicas de relaxamento que surge da meditação tradicional, em que a concentração se concentra em imagens positivas e agradáveis. Este método consiste em recriar visualmente momentos felizes que gostaríamos de viver ou relembrar do passado, prestando total atenção ao cheiro, ao toque e aos sons imaginários.

Ioga e pilates

A combinação de exercícios físicos e respiratórios permite atingir um estado de relaxamento adequado e ajuda a controlar eficazmente o estresse e a ansiedade. Outra ótima maneira de colocar esses exercícios em prática é através do ioga ou pilates. Essas disciplinas têm diferentes estilos, formas e intensidades onde o movimento é controlado com a respiração, concentração e consciência.

Elige tu ubicación

Latinoamérica

Europa