As emoções são um motor importante na vida das pessoas. Isso porque influenciam seus pensamentos, comportamentos e, em muitos casos, sua saúde mental. Portanto, neste blog queremos falar sobre o conceito de inteligência emocional e a classificação das emoções para explicar a importância que têm no bem-estar humano.

O que são emoções?

De acordo com o psicólogo David G. Meyers, as emoções são compostas de “excitação fisiológica, comportamento expressivo e experiência consciente”. Atualmente, estes são considerados originários do sistema límbico e são compostos dos seguintes elementos:

  • Fisiológico: é a primeira reação a um estímulo e são involuntárias. Por exemplo, a respiração acelera, há mudanças no nível hormonal, etc.
  • Cognitivo: a informação é processada no nível consciente e inconsciente. Isso influencia nossa experiência subjetiva.
  • Comportamental: gera uma mudança no comportamento, ou seja, nos gestos faciais, movimentos corporais, etc.

Classificação das emoções: que tipos existem

Existem diferentes tipos de emoções, porém, não existe uma classificação definitiva. A razão para isso é que nenhum dos dois captará totalmente como eles se concentram e se relacionam. A seguir, mostramos uma lista útil para poder distingui-los.

Emoções primárias ou básicas

A classificação das emoções começa com a primária ou básica porque são aquelas que são experimentadas em resposta a um estímulo. Para Paul Ekman, as emoções básicas são 6: tristeza, felicidade, surpresa, nojo, medo e raiva. Todos eles representam processos de adaptação e, supostamente, estão em todos os seres humanos.

Emoções secundárias

Essas emoções surgem quando experimentamos as primeiras. Ou seja, quando alguém sente medo, é possível que depois fique com raiva, claro, tudo depende da situação que está vivendo. As emoções secundárias são desencadeadas por regras sociais e códigos morais.

Emoções positivas

Dependendo do nível em que as emoções influenciam o comportamento de uma pessoa, elas podem ser positivas ou negativas. As classificações das emoções positivas são conhecidas como saudáveis, pois quando se manifestam na pessoa produzem bem-estar. Isso significa que eles favorecem em sua forma de pensar, raciocinar e agir.

Emoções negativas

Agora, as emoções negativas são o oposto completo das emoções positivas. Eles afetam o bem-estar pessoal de forma tóxica e geram o desejo de evitá-los ou evitá-los. Medo ou tristeza são alguns exemplos.

No entanto, deve-se ter em mente que essa classificação das emoções, em baixa intensidade, não é prejudicial. Embora sejam dolorosos, eles fazem parte do aprendizado e do crescimento de cada pessoa. Graças a eles, nossa memória emocional lembra as consequências de certos comportamentos.

Elige tu ubicación

Latinoamérica

Europa