+34 91 005 42 79 brasil@esneca.lat
  • Español
  • 0 Item

    Existe um tipo de terapia que se aplica a um grupo familiar, a chamada terapia familiar, em que são tratados os conflitos entre membros de uma mesma família. No blog de hoje, queremos explicar o que é e para que serve. Portanto, continue lendo ou aprenda mais sobre isso com nosso Mestrado em Psicología Holística.

    O que é terapia familiar?

    A terapia familiar é aquela que foca em seus membros como objeto de intervenção. A intenção é fornecer ferramentas para que os membros possam atuar de forma colaborativa para resolver conflitos entre eles ou seus próprios problemas.

    Entendemos a família como elemento fundamental no desenvolvimento do ser humano. É a partir desse elemento que a pessoa adquire um modelo de como ver, agir, se relacionar e se comunicar com seu contexto. É uma parte importante quando você deseja aprender os aspetos emocionais e relacionais que influenciam totalmente o desenvolvimento.

    Para que é usada a terapia familiar?

    Como já mencionamos, a terapia familiar tem sido usada desde que começou a resolver diversos problemas. A seguir, contaremos alguns dos conflitos que podem ser tratados com esse tipo de terapia.

    Crise familiar

    Quando há conflitos dentro da família que não podem ser resolvidos da maneira tradicional, eles costumam ser objeto de terapia. Por exemplo, uma situação difícil, algo relacionado ao nascimento de filhos ou quando eles se tornam independentes. Até o luto por uma morte que gerou um forte problema entre seus membros.

    Problemas de relacionamento

    A terapia de casal é um tipo de terapia familiar que serve para tratar diferentes aspetos entre os parceiros da vida. A superação de problemas no casal como falta de comunicação, cansaço, infidelidade ou incompatibilidade são motivos muito frequentes para consulta.

    Transtornos de comportamento com terapia familiar

    Quando um dos filhos tem distúrbios de comportamento, não é incomum que os pais queiram procurar ajuda. Em vários casos, é possível utilizar pais e mães como co-terapeutas que facilitam o acompanhamento de programas determinados pelo terapeuta.

    Há momentos em que os problemas podem ser influenciados pelos padrões de comunicação das famílias. Por exemplo, famílias disfuncionais que discutem o tempo todo e causam problemas emocionais e comportamentais.

    Vícios

    Os vícios e os distúrbios psicológicos pelos quais uma pessoa pode passar podem ser melhor resolvidos se uma família próxima estiver envolvida no tratamento. Eles podem ajudar a pessoa a ficar longe de estímulos que causam o consumo. Da mesma forma, podem fazer a pessoa ver o lado positivo de continuar com a terapia e a vantagem de parar de usá-la. Eles também podem fortalecer os comportamentos que ajudam na sua recuperação.

    Guia dos pais

    A terapia familiar é uma grande ajuda para todos os pais que têm filhos com problemas de comportamento e não sabem como lidar com eles. Muitas vezes existem situações específicas que eles vivenciam ao longo de seu desenvolvimento e não sabem como lidar com elas. Assim, na terapia, ensina-se como atender a esses comportamentos por meio de moldagens e estímulos que auxiliem a criança na adaptação.

    ¡Celebra la Black Week con nosotros! Te regalamos 60$ para tu matrícula. CUPÓN: BLACK60

    X